Dicas de Mercado

SHOPPING CENTER E A VALORIZAÇÃO DA REGIÃO

O Shopping Center e a valorização da região, mas por quê? Conveniência, tudo que as pessoas o que necessitam encontra-se em um único local, desde quem procura entretenimento, realizar compras ou fazer um lanche. Portanto é um hábito totalmente comum nas capitais bem como cidades ao seu entorno, logo tudo isso traz consigo um avanço para região.

Quais as consequências da vinda de um Shooping Center para uma determinada região?

Com os avanços em nossa sociedade cada vez se torna mais comum as pessoas optarem por idas aos Shopping Centers pelo simples fato de encontrarem tudo o que necessitam em um local único, desde quem procura entretenimento, realizar compras ou fazer um lanche. Portanto é um hábito totalmente comum nas capitais bem como cidades ao seu entorno, logo tudo isso traz consigo um avanço para região em torno do empreendimento.

Logo nos perguntamos quais são as vantagens e oportunidades para o mercado imobiliário com a instalação de um novo Shopping Center, certo? Pois bem.

Segundo a Abrasce (Associação Brasileira de Shopping Centers), para compreender como a vinda de um Shopping Center pode interferir na valorização dos imóveis no entorno de sua área realizou um estudo. Nos anos de 2008 a 2013 foram inaugurados cerca de 94 Shoppings centers no Brasil, em Dezembro de 2012 havia 457 empreendimentos em operação e até o final de 2013 seriam 498.

Umas das conclusões realizadas é que a percepção da valorização imobiliária quanto a região do entorno do Shopping Center em atividade é de 46% superior ao restante da cidade.

A associação também argumenta que a valorização dos imóveis pode ser comprovada pelo acréscimo de 82% de arrecadação do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano).

Com a vinda do Shopping Center, muitos avanços por consequência acontecem como construção de novas vias de acesso bem como reforma das já existentes, áreas de uso comum contendo paisagismo e ambientes de lazer, evolução nos métodos de construção e padrão em acabamento dos imóveis ao redor, além da fator mais importante, no caso a proximidade com um grande centro comercial que irá proporcionar toda conveniência na região.

Quanto ao ITBI (Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis), os munícipios que receberam um grande empreendimento como esse tiveram um salto para 168% de ITBI, justificando seu crescimento no setor imobiliário frente a 141% de crescimento para os municípios em comparação.        

Saiba mais na matéria realizada pela InfoMoney

 

Leia Também
O crescimento da população idosa no Brasil vem chamando a atenção para novas possibilidades. A geração chamada de Baby-boomers com pessoas na idade média de 60 anos tem uma expectativa de triplicar em 2050, chegando a 66,5 milhões segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)
Vai comprar um imóvel usado? A equipe de prontos da My Brokers separou 5 dicas para a compra de um imóvel pronto.
Imóveis com agilidade de locação são a nova febre do mercado imobiliário de Porto Alegre, imóveis compactos, próximos aos grandes centros urbanos, com fácil acesso e gestão a distância.
Os imóveis na era da economia compartilhada. O modelo do “reduza, re-use, recicle, repare e redistribua” entrou de vez no mercado e conta com diversas opções em Porto Alegre.
O Shopping Center e a valorização da região, mas por quê? Conveniência, tudo que as pessoas o que necessitam encontra-se em um único local, desde quem procura entretenimento, realizar compras ou fazer um lanche. Portanto é um hábito totalmente comum nas capitais bem como cidades ao seu entorno, logo tudo isso traz consigo um avanço para região.